You Are Not Prepared!

Posted On Dezembro 9, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response


É hoje! Para os acompanhantes da serie Warcraft, a grande conclusão da saga de Arthas chega ao publico! Os jogadores de um dos MMORPG de maior sucesso agora finalmente poderão enfrentar o poderoso Lich King.



O Patch 3.3 foi lançado nesta terça feira trazendo a nova raid: Icecrown Citadel.

Confira o video:







Esta foi o ultimo patch de conteúdo lançado para a expansão ‘Wrath of the Lich King’. Após enfrentar o poderoso Illidan na expansão anterior, os jogadores ansiosos podem finalmente fazer o seu END GAME enfrentando um chefe famoso.



Agora um pouco de historia… Arthas era o príncipe do reino dos humanos em Warcraft 3. Após tomar decisões precipitadas e com sede de vingança, ele pega a espada amaldiçoada Frostmoure, que faz com que a encanação do Lich King tome conta de seu corpo. Após causar um grande holocausto no mundo de Azeroth, Arthas parte para o trono gélido de Icecrown Citadel, onde comanda sua frota de mortos vivos.


Com essa conclusão desta expansão, agora é só esperar a próxima!







Nota do Bode pra quem joga WoW – “Agora tem Emblem of Triumph a rodo!



Anúncios

My name is John Marsten

Posted On Dezembro 1, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response

Abrindo a nova fase do Snake in the Box, mais um vídeo divulgado do aguardadíssimo Red Dead Redemption da Rockstar Games que sai, segundo o próprio teaser, dia 27 de abril de 2010 para PS3 e Xbox 360. Confira o trailer abaixo e fique babando…
Como tudo mundo já sabe, A Rockstar sempre se destacou por utilizar uma temática mais adulta em seus games (o que particularmente é ótimo, pois há muito tempo jogos deixaram de ser exclusivamente para crianças) e isso não será diferente em RDR, como se pode ver no vídeo acima.
Se tratando da Rockstar e por ser ambientado no bom e velho faroeste(!!!), esse título tem tudo pra se tornar um dos jogos mais interessantes de 2010 e a equipe do Snake in the Box estará acompanhando essa promessa de perto.

The Beatles: Rock Band… O Melhor de Todos!!

Posted On Julho 23, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response

Como beatlemaníacos verdadeiros, a equipe do Snake in The box anda acompanhando todas as informações sobre o novo Rock Band à ser lançado. Após conferir todos os teasers, setlists, gameplays e os intrumentos criados, fica fácil afirmar que, The Beatles: Rock Band, é sem dúvida o melhor jogo musical já criado. Batendo outros games desse estilo que ganhou o mundo, como os Rock Band’s anteriores e os Guitar Hero’s. Agora é só aguardar o dia o9 de setembro (09/09/09!!!) pra conferir.
“E pensar que ainda falam que um tal de DJ Hero pode ser revolucionário…..”

Update: O Jogo foi anunciado para Xbox 360, Playstation 3 e Nintendo Wii… Mais uma vez, nunca nada bom é lançado pra PC logo de cara!

A Maldição do Tycoon

Posted On Julho 13, 2009

Filed under Baú de Games, Paint Masters

Comments Dropped leave a response

By Beer Baron

Fazendo uma limpeza no armário de coisas velhas, achei algumas das minhas “preciosidades” de jogos antigos para PC. Theme Hospital, Grim Fandango, Monkey Island, Tropico, …. e também Roller Coaster Tycoon e Transport Tycoon. Lembrei de como existiam games denomidados Tycoon. Esses tipos de jogos seriam os denomidados simuladores, como por exemplo gerenciar um parque de diversão ou uma rede de transportes ao redor do mundo. Porém, com o sucesso desse gênero, surgiram milhares de jogos acompanhados do nome tycoon, uns até aceitáveis porém outros um tanto absurdos.

  • Lemonade Tycoon – Simule uma barraquinha de venda de limonada. “Não acredita? Jogue e tire suas conclusões!”
  • Prison Tycoon – Nada como comandar um presídio, contratar uns guardar, punir uns bandidos… “Haja paciência!”
  • Skate Board Park Tycoon – Normalmente num jogo que possui a temática Skate, o jogador se diverte realizando manobras, porém nesse caso você é um arquiteto que constrói um skate park… “Lamentável!”

  • Airport Tycoon 1,2 e 3 – Gerenciar um aeroporto até parece algo interessante, porém é necessário uma continuação? E ainda um terceiro jogo? “Nem precisa responder!!”
  • Carnival Cruise Lines Tycoon – Comande um navio onde se realiza várias festas à bordo e que visita vários destinos exóticos pelo globo!!… “Não Obrigado!!”
  • Coffee Tycoon – Assuma o controle de vendas e se torne um magnata, formando um império de…. vendas de café??!!! “???”

  • Tabloid Tycoon – Fofocas, paparazzis, escândalos… Controle um tablóide sensacionalista, rumo ao…. “Rumo ao que???
  • Zoo Tycoon – Idéia boa, divertida, dois jogos da série e… Três expansões. “Vai se f…..!!”
  • Tv Tycoon – Controlar uma emissora de televisão é uma idéia promissora, até mesmo interessante… Já o jogo em si… “Triste!!”

E ainda há uma lista imensa de jogos ditos Tycoon (“Contei mais de 30!”), alguns são realmente bons e divertidos, o problema é que com a generalização do estilo, muita coisa ruim e idiota foi criada, e não se espante se daqui a pouco tempo, seguindo esse grau de “criatividade” ,você encontre títulos como esses nas prateleiras:

“Construa um império de lojas de R$1,99 ao redor do mundo, controle desde a contratação de funcionários, até o fornecimento de baldes plásticos, cestas de lixo e bolas de futebol de plástico. Claro, sem mexer no preço!!”

“Controle a rede alimentícia Casa do Biscoito. Forneça doces e biscoitos para jovens e crianças, crie promoções de se pagar 2 e levar 3, e altere a cotação da Bala Juquinha e do delicioso Mirabel.”


“Cansado de perder? Controle seu próprio sistema de jogos, nesse game 4 em 1. Fique milionário com jogos de azar como: Jogo-do-Bicho, Bingo, Forca e “Purrinha”. Tenha seu próprio cassino popular.”

“Nesse EMOCIONANTE jogo, apare os galhos, regue sua planta, coloque-a num local arejado e que bata sol, dentre outras opções. Esse é sem dúvida um simulador que vai te consumir horas.

“Do jeito que as coisas andam, não duvide, que um dia, é possível existir esses jogos!!”

Férias = Maratona de PS2

Posted On Julho 8, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response

Acompanhando o estilo do nosso parceiro André Breder do PlayStation 2 Imortal, resolvi fazer um post sobre alguns jogos que “zerei” recentemente. Férias são assim… Você tem tempo para fazer tudo aquilo que não tinha tempo de fazer. Inclusive jogar alguns jogos que estão acumulando poeira na prateleira. Depois de algumas tentativas frustradas de tentar jogar God of War com um CD emprestado e arranhado, decidi então jogar um jogo do mesmo estilo:

Star Wars: Force Unleashed


Como disse antes, é basicamente o mesmo esquema de God of War. Uma espécie de Beat´em Up (Vai andando e batendo nos inimigos) em terceira pessoa, porém com poucos (ou nenhum (?)) quebra cabeça.

O jogo tem um enredo muito bom. Se passa como o elo entre as duas épocas da historia de Star Wars (Em outras palavras, entre o Episódio 3 e 4). Você joga como o aprendiz de Darth Vader. O grande vilão treina você desde pequeno e usa você como um espião do império em um complô contra o Emperador.

Pontos positivos:
-Ótima historia. Traz vários personagens principais da serie como Leia, Obi Wan e alguns secundários.
-Cenas impressionantes como derrubar um cruzador imperial usando apenas a “Força”
-Varias opções de customização. Você pode escolher desde a cor do sabre de luz até o cabo, assim como sua roupa que vai desde uma roupa de mercenário até robes e uma pseudo-armadura de Darth Vader
-Primeira fase você joga como Darth Vader! Além de algumas batalhas épicas no final…
-Continues ilimitados. Jogue a fase até passar!
-Jogar como um Sith, não tem preço.
-Golpes criativos
-No final você ainda tem a opção de escolher quem será o seu ultimo chefe
-Chefes e Mini chefes com batalhas divertidas. Finalize com um mini game de “aperte o botão certo na hora certa”

Pontos negativos:
-Você volta muitas vezes nos mesmos planetas, o que torna os cenários um pouco repetitivos.
-Alguns inimigos podem se tornar um pouco maçantes
-A câmera atrapalha bastante
-Alguns golpes são impossíveis de desviar ou bloquear

Nota final: 9,0

Marvel Nemesis: Rise of the Imperfects
Ainda na onda de dar pancada, Marvel Nemesis é um jogo que traz vários heróis da Marvel em um jogo só. O jogo é dividido por personagens. Você deve fazer uma certa quantidade de fazes com cada personagem para dar continuidade ao jogo. As fases são bem rápidas e são basicamente pequenas missões. Em algumas você tem que derrotar todos os inimigos, destruir objetos, seguir até um lugar ou enfrentar um personagem em um versus, ou como eu gosto de chamar de “Jogue tudo da fase no outro cara”.

A história reúne todos os heróis da Marvel. Uma invasão alienígena ataca a cidade e consegue derrotar a maioria dos heróis como Hulk, Capitão América e o Justiceiro. Você deve enfrentar essa invasão e é apresentado a novos personagens. Ok… Com o tempo você percebe que os heróis da Marvel não servem em NADA para o conteúdo da história. É basicamente uma historia de Gibi com algumas “participações especiais”. A historia principal não se passa com nenhum deles em especial e sim com os novos personagens apresentados.


Pontos positivos:
-Fases rápidas, boas para passar o tempo e jogar o jogo aos poucos.
-Modo versus interessante
-Jogar com personagens como Homem de Ferro, Venom, O Coisa e Magneto.
-Homem de Ferro é o melhor personagem do jogo!
-Ação rápida.
-Desenhos muito bons!
-Possibilidade de “assistir” alguns Gibis que você desbloqueia ao longo do jogo


Pontos negativos:
-Cenários extremamente repetitivos. Acho que tem um total de 8 cenários que são aproveitados para todas as fases
-Inimigos extremamente “apelões”. Certos momentos você perde sem saber como. Uma luta pode durar 3 segundos e você perde.
-Jogar com personagens como Demolidor, Tocha Humana (arg…) e Elektra.
-Magneto, ironicamente, é o pior personagem do jogo!
-História sem graça.
-Alguns personagens têm praticamente os mesmos golpes dos outros. Como por exemplo ‘Venom e Homem Aranha’ e ‘Tempestade e Tocha Humana’
-No final você esquece que tem os personagens da Marvel
-A câmera te odeia!
-A defesa é meramente ilustrativa… para você. Para o computador ela funciona perfeitamente!

Já comentei como os inimigos podem se tornar apelativos?

Nota final: 6,0

Tributo Michael Jackson

Posted On Junho 29, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response

Apesar de toda controvérsia em cima de seu nome, apesar de milhares de escândalos promovidos e outras tantas maluquices, Michael Jackson é sem dúvida “O Cara”. Quem entende um pouco de música sabe que toda sua obra é fantástica, não é de se estranhar que foi o artista que mais vendeu discos. E como, um ícone que se preze, Michael teve seu próprio jogo de vídeo-game. Muito antes dos Guitar Hero’s e Rock Bands’s da vida, em 1990 é lançado pela Sega, MICHAEL JACKSON’S MOONWALKER. Tanto no Arcade, quanto no Mega Drive, o cantor aparece como herói do game, desse clássico do beat-em-up.


O jogo é regado de músicas como “Smooth Criminal”, “Billie Jean” e “Beat It”, além de diversos cenários bem legais. E claro, vários passos marcantes, como por exemplo o “especial” em que Michael realiza realiza vários passos, e sendo que em alguns momentos até os próprios inimigos se rendem, e também entram na dança.
Fica a homenagem para um ídolo da música, e um dos pioneiros a chegar no mundo dos games. Apesar de tudo, tanto na música, quanto no video-game, Michael Jackson ainda continuará sendo uma lenda.

Maratona Capcom de fim de semana

Posted On Junho 22, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response


Mais uma vez, enquanto o resto do blog “vagabundeia” nos fins de semana. Cabe a mim preencher este tempo parado. Mas como todo Orc merece um descanso, peguei meu Super Nintendo, algumas fitas e resolvi fazer uma maratona de uma das minhas empresas favoritas: CAPCOM.
Entre muitos jogos da empresa, um me chamou a atenção:

Demon´s Crest


No jogo você é um demônio (Firebrand) que deve resgatar umas esferas que te dão um poder especial. Para pegar cada esfera você deve derrotar um chefe. Para escolher os poderes, é só dar pause e escolher. Já foi feita esta mesma fórmula antes em Megaman! Mas como é da mesma empresa, a gente até que dá uma colher de chá.

O jogo é bem divertido. O seu personagem pode fazer tudo, até voar! Você pode também escolher para que fase deseja ir… e acho que foi nisto que eu errei! Em certo momento eu entrei em um lugar e enfrentei um chefe. Após a batalha sem muita dificuldade, presenciei uma surpresa ao aparecer o famoso THE END… Após pouco menos de uma hora de jogo!

Acho que deveria ter ido a outras fases antes, pois terminei o jogo com praticamente nenhuma das pedras que deveria coletar! Mas como The End é The End… Vamos ao próximo jogo!


Captain Commando

Ah!! como é bom sair andando e batendo nas pessoas! Captain Commando é um dos ícones da empresa (seu nome foi inspirado no nome da produtora), e seu jogo me fez ficar entretido por um bom tempo.

O jogo é um clássico Beat’em Up que você pode jogar até com outra pessoa. Um dos melhores jogos que eu joguei nessa maratona, sem dúvida! Jogo zerado, vamos pro próximo!

Super Ghouls’n Ghosts

Quando comecei a jogar este eu tinha uma coisa em mente: “É impossível! Não vou conseguir zerar!”. Este jogo ainda é considerado como um dos mais difíceis feitos até hoje. Tão difícil que poucas pessoas conseguiram presenciar o seu final sem usar nenhum tipo de macete.

Clássico de plataforma, Arthur tem que salvar sua amada do inimigo! Tudo isso de armadura ou até mesmo de cueca!

Depois de um tempo com este jogo impossível, me veio em mente uma série bem difícil da empresa… Um que poucos tem paciência de jogar até o final de uma vez só. Então peguei o meu Nintendinho e me preparei para um dos grandes desafios:

Megaman

Eis que veio o primeiro jogo do robozinho azul. Megaman 1 traz os vilões clássicos do herói como Cutman e Gutsman. E por mais que esse jogo tenha sido feito em 1987… É difícil demais! Inimigos por todo lado, plataformas rápidas e tiros vindo de todos os cantos possíveis…

Megaman tem sempre o mesmo padrão: cada chefe tem um ponto fraco e você sempre enfrenta todos no final. Depois de muitas e muitas tentativas, consegui finalmente chegar no maldito Dr. Willy. Mas não satisfeito com só um Megaman, resolvi tentar um dos jogos mais famosos dele.

Megaman 2

Diferente do primeiro, este é mais fácil e também bem mais divertido! A música fica na cabeça por um bom tempo e você pode reparar em uma melhoria nos gráficos.

Este eu consegui terminar mais rápido que o primeiro, mas talvez porquê já tenha pegado a manha do jogo. Me deixou com um gostinho de mais para jogar o 3, mas isso fica para outro dia. Vamos voltar para o SNES.

Aladdin

Um clássico da Disney, e para mim um clássico do Snes também. O jogo segue os acontecimentos do filme de animação da empresa, Aladdin passa desde um ladrãozinho barato até se tornar “princípe-sultão”. Sempre acompanhado de seu macaquinho ABU, você percorre as ruas de Agrabah pulando na cabeça dos guardas e de qualquer coisa que aparece no caminho.

A jogabilidade é fantástica, disparada uma das melhores dos jogos de plataforma. Controlar Aladdin chega a se tornar fácil por o jogo ser tão bem feito. Em uns 40 min é possível derrotar Jafar e zerar o game. Pra fechar com elegância:

Super Street Fighter 2

Por que não terminar com mais um ícone da Capcom? Para terminar um dia de trabalho, nada melhor do que entrar em um torneio de luta e bater em todos os oponentes mundiais.


Um jogo de grande sucesso em sua época e até hoje considerado um dos melhores da série. Simplesmente fantástico! Com certeza não se pode falar de Capcom sem falar deste jogo!


Em resumo…

Capcom é uma das grandes empresas de jogos. Ela esteve desde a origem até os jogos atuais. É responsável por nomes famosos dos games e por games maravilhosos. Se você vai jogar um jogo e logo no inicio você já vê aquelas letras amarelas com bordas azuis, pode ter certeza que há 90% de chance de vir coisa boa por aí!!

Os cristais verdes voltaram!

Posted On Junho 9, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response

Por Tata

Dia 05/06 foi o dia oficial do lançamento do The Sims 3 no Brasil, então resolvi fazer um post falando sobre o que há de novo neste lançamento:

Sobre as vizinhanças: Haverá apenas uma vizinhança que poderá ser modificada livremente, mas em dois meses deverá ser lançada uma ferramenta que vai possibilitar a criação de novas vizinhanças. Essa vizinhança será bem mais dinâmica e real, nela você irá encontrar lotes tais como, museus, padarias, clubes, restaurantes, lanchonetes, lojas de roupa e parques, haverá também cinema, prefeitura, estadio de esportes e hospital, mas que por também serem locais de trabalho, não vai dar pra ver o Sim dentro desses locais.

Há, agora o seu Sim poderá sair de casa sem precisar chamar táxi e sem tela de loading, ele vai a pé ou com seu próprio carro, vai poder cumprimentar os vizinhos pelo caminho, parar pra conversar, filar um almoço, visitar aquele amigo que tem piscina (vingança!)…

Personalizando seu Sim: Agora não haverá mais limites pra criação do seu Sim ele poderá por exemplo ser magérrimo, magro, um pouco acima do peso, gordinho, muito gordo… e você ele terá qualquer cor que você escolher, até rosa, verde, cinza… os cabelos vão ter mais de uma cor, uma pra raiz, para as pontas, luzes, bom pra fazer cabelos grisalhos por exemplo ou uma raiz que faça o cabelos parecerem tingidos.

As escolha das roupas também ficará mais personalizada, você pode escolher a cor que você quiser, e também pode montar uma blusa com a gola de uma cor e a barra de outra e escolher a textura (lã, veludo…) e os sapatos serão escolhidos a parte.
Agora existem mais opções de personalidade como mal, vegetariano, infantil, cleptomaníaco, elegante, cabeça-quente, romântico esperançoso, materialista, sono-leve… você pode escolher cinco traços de personalidade dentre as 70 que existem, que combinados geram infinitas personalidades.

P.S.: Laura e Vladimir Caixão continuam no jogo só que como crianças porque a vizinhança vai estar num tempo passado!

Afinal? Qual é do Soul Calibur?

Posted On Junho 3, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response

Quem lembra da Namco lembra dos clássicos Pac-Man, Galaga, Dig Dug… E na nova geração lembra da serie Tekken, Katamari Damachi e de seu grande clássico de lutas medievais: Soul Calibur!

Mas… E quem nunca jogou Soul Calibur? Aqui vai um resumo rápido sobre a serie:

O Primeiro jogo da Serie foi Soul Blade (Ou Soul Edge), para o Playstation e Arcade. O jogo não trazia muita coisa nova para os jogos de luta de Playstation, o uso de armas já tinha sido feito antes em Samurai Showdown.

Uma breve historia do jogo:

“Soul Blade era sobre uma espada demoníaca chamada de Soul Edge, na qual o temível pirata Cervantes a usava. Ela ficou sendo conhecida como a maior espada de todos os tempos e para outros como ”a espada dos heróis “ “.

Soul Blade fez mais sucesso nos arcades do que no Playstation e foi em breve ofuscado por sua sequencia: Soul Calibur.

Soul Calibur foi o primeiro jogo de sucesso da serie, Nele entra na história Yoshimitsu, o “mascote” dos jogos de luta da Namco. Yoshimitsu entrou permanentemente para a serie, mas não foi o único Cameo do jogo…

Soul Calibur 2 foi lançada para as 3 plataformas de maior sucesso da época: Game Cube, Playstation 2 e Xbox. Cada versão do jogo tinha o seu personagem extra. O de Game Cube tinha Link (Legend of Zelda), Playstation 2 tinha Heihachi (Tekken) e Xbox tinha Spawn (Spawn)


Todos competiam para ver qual era a melhor versão até que a Namco volta aos Arcades e com a exclusividade da Sony lançando o mais famoso da serie: Soul Calibur 3.

O jogo não trazia nenhuma novidade como algum personagem de outra serie mas trazia o melhor do serie para os jogadores.
Não satisfeitos, foi lançado Soul Calibur 4 para PS3 e Xbox 360, trazendo dois personagens extras ao jogo: Yoda e Darth Vader.

Agora na E3 foi anunciado um novo Soul Calibur. E o “convidado especial” dessa vez… Deixa qualquer um com vontade de jogar…

GTA V – Faroeste??

Posted On Maio 15, 2009

Filed under Baú de Games

Comments Dropped leave a response

Depois de tanto se falar sobre o tal jogo de faroeste da Rockstar, parece que está chegando ao fim o tempo de espera para o lançamento de Red Dead Redemption. Comparado por muitos como o “GTA do velho oeste”, o jogo parece agradar até mesmo os não amantes da série Grand Thief Auto. O jogo se passa no velho-oeste americano, você controla John Marston, um ex-bandido que se mete em vários tiroteiros durante sua exploração de várias cidades presentes no gigantesco mapa do jogo (estilo GTA). O jogo foi desenvolvido no motor gráfico RAGE, o mesmo de GTA IV. Através das fotos divulgadas, e dos vídeos liberados pela empresa, tudo leva a crer que vem coisa boa por aí.

“E você pensando que malvado era o Cormano!”

Cormano ( Sunset Riders – Arcade, Snes e Mega Drive)

« Página anteriorPágina seguinte »