Road Rash (SEGA Genesis / Mega Drive)

Posted On Julho 31, 2010

Filed under corrida, ea, Mega Drive, moto, Road Rash, Sega

Comments Dropped leave a response

“abertura do game”


Jogos de corrida sempre foram meus preferidos. Desde quando jogava ATARI (Grand Prix, Enduro, Pole Position, entre outros), NES (Excite Bike, Days of Thunder, o incrível Rad Racer, etc), Mega Drive (Super Hang On, Super Monaco GP) e Snes (viciante F-Zero, vergonhoso Suzuka 8 hours), sempre procurei por um jogo diferente de corrida, que fugisse um pouco do mesmo roteiro de ser o mais rápido e chegar à frente. Então, chego um dia na locadora do Roni (bons tempos) e pergunto sobre as novidades que ele tinha comprado para Mega Drive. Ele me vem com alguns cartuchos, e entre eles, estava la um de corrida de motos. Era Road Rash da Electronic Arts.
“Descendo a mão na largada”

Ao ver a tela de apresentação, já senti que o game era diferente. A tela inicial mostra um motoqueiro empurrando o outro, mostrando o tema do jogo, que é fazer rachas em cinco partes do EUA para ganhar dinheiro e para isso você pode descer a porrada com socos, chutes e até com um porrete que é adquirido depois de uma “briga” com algum oponente durante a corrida. Os gráficos são redenrizados o que na época era uma inovação deixando o jogo mais real, com carros, pedestres, casas, arvores, animais como obstáculos e não deixando o jogo apenas limitado a fazer curvas. Road Rash tem uma física tão intensa que você sente a moto subindo e descendo as ladeiras, o que não se via em nenhum outro jogo.


“É um pássaro? É um avião? Não, é um motoqueiro voando depois de um acidente…”

A jogabilidade é muito boa. Você tem o total controle da moto inicialmente, mas quando você vai conquistando vitorias e ganhando dinheiro para comprar uma moto mais possante, esse controle vai dificultando um pouco ate pelo fato da moto ficar mais veloz e do aumento natural do grau de dificuldade. A partir do momento que o jogo vai subindo de nível, sua dificuldade, obvio, vai aumentando deixando os oponentes mais espertos nas brigas e a presença da policia muito mais evidente. No nível cinco da ate raiva de tanto policial aparecendo em suas Harleys Davidson.


“Natasha, a eterna oponente (ou amiga?) da série”
A trilha sonora é um show a parte. Nas cinco pistas o rock n roll rola solto deixando o jogo ainda mais eletrizante fazendo com que Road Rash tenha uma das melhores trilhas sonora já feita para o Mega Drive. Mas nem tudo são flores. Uma falha do jogo é não poder correr escutando a musica e o som da moto ao mesmo tempo. Mas isso passa despercebido.

“Descendo a porrada no policial (… mas aqui ele é imbatível…)”

Com um bom grau de dificuldade, uma ótima trilha sonora e diversão garantida, Road Rash abriu bem uma trilogia vencedora no Mega Drive, o que depois seria coroado com a versão Road Rash 3DO, que, futuramente, falarei mais sobre eles…

“Atropele a vaca…muuuuuuuuuuuuuuu”